CPA 10 Anbima

Fundos de Investimento com Carência

  • 2 minutos
  • 174
  • sem comentários.

11 meses atrás

POR: Kleber Stumpf

Fundos de Investimento com Carência

Hoje em dia, é bem mais difícil achar fundos de investimento com carência. Essa modalidade de fundo consiste em ter um tempo mínimo, para poder realizar o resgate, com rendimentos.

Se, a regra do fundo é de ficar com o valor, no mínimo, 60 dias, para poder sair, com a aplicação inicial mais os rendimentos, e, o investidor resolve resgatar antes.

Ele pode acabar saindo somente com o valor aplicado, sem o ganho do período.

Fazendo uma breve procura, acabei não achando nenhum fundo atual com essas mesmas características.

Antigamente

Mesmo não encontrando muitas informações atuais sobre este tipo de produto, existem muitas informações mais antigas…

No inicio do século 21, ou, no começo dos anos 2000, o Banco do Brasil, tinha vários fundos com carência.

Existiam carências desde 30 dias, até com 60 dias, mínimos, para permanecer no ativo. A carência era colocada como um entrave, porem bem comum a época.

O banco também oferecia fundos com liquides diária, porem cobravam desses 6% de taxa administrativa.

6%! É um valor muito alto! Pense bem caro leitor. Imagina estar investido em um fundo DI, atual, com uma taxa dessas.

O cotista, no máximo, teria um rendimento de 7% a 8%. Sem descontar o imposto de renda. Praticamente só rendendo a inflação do período.

CPMF

Fundos de Investimento com Carência
Fundos de Investimento com Carência

Nessa época, também exista a CPMF. Essa contribuição federal era recolhida pelos fundos também.

  • O fundo com liquides diária, sem carência pagava em torno de 4,70% nos primeiros 5 meses de 2000.
  • Já o ativo com liquidez diária, após 30 dias, pagava algo em torno de 5,27% nos primeiros 5 meses do mesmo ano.
  • E por ultimo, colocaram o fundo que tinha liquides diária depois de 60 dias, o rendimento do mesmo era de 6,45% dentro do mesmo período dos anteriores.

Ou seja, mesmo havendo um reembolso da CPMF no fundo com liquides diária, o rendimento dos outros dois, ainda era superior.

Ao invés de carência…

Atualmente, como já foi descrito anteriormente, não temos tantos ativos com carência, porem ainda existe, uma grande parcela de fundos com tempo para resgate, superior a um dia.

De certa forma, isso acabou substituindo os fundos com carência. Estes fundos de investimento tem prazos que variam de 15 até 30 dias da solicitação para que o investidor receba o valor.

Com o aumento da procura dos investidores por fundos, acaba levando a um aumento na concorrência. Desta forma, os fundos estão aos poucos, reduzindo os entraves para os investidores. Antes tínhamos vários ativos com carência, valor de aplicação inicial superior aos dez mil reais, e taxas administrativas elevadas.

Hoje tudo isso, está em faze de redução, uma vez que os clientes também estão ficando, cada vez mais exigentes.

Se você tem interesse em aprender mais sobre o tema de fundos de investimento uma ótima dica de leitura é o livro Investimentos Inteligentes, do autor Gustavo Cerbasi.

Essa obra traz muitas informações sobre como lidar com as finanças pessoais e investimentos.

Este livro traz até uma comparação entre o rendimento de um CDB comum e fundos de investimento. Uma vez que o risco existe em todos os tipos de investimento, até mesmo nos mais seguros uma das vantages do CDB sobre os fundos de investimento é que eles possuem a garantia do FGC (Fundo Garantidor de Crédito).

Precisando passar na CPA10 ou na CPA20?

Receba um e-book exclusivo com 7 passos para ser aprovado!

Deixe seu comentário.

sem comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

Simple Share Buttons