Certificações Financeiras

Principais Títulos e Características

  • 3 minutos
  • 1
  • sem comentários.

4 meses atrás

POR: Kleber Stumpf

Principais Títulos e Características

Hoje falarei sobre os Principais Títulos e Características.

Ao começar  investir no Tesouro Direto, as pessoas vão precisar escolher entre três tipos de opções de investimento.

  • Tesouro IPCA;
  • Tesouro SELIC;
  • Tesouro Prefixado;

Nesse artigo vamos explorar as características de cada uma dessas formas de investimento, deixando o leitor a par dos principais detalhes.

Tesouro IPCA

O preferido pela grande parte dos investidores, o Tesouro IPCA tem parte de seu rendimento pós-fixada e outra pré-fixada.

Por se tratar de um produto financeiro que irá corrigir o investimento pelo IPCA além de pagar um juro pré-fixado, a letra acaba virando uma espécie de investimento híbrido.

O Tesouro IPCA ainda possui duas formas diferentes de investir. Podemos escolher entre letras que pagam juro semestralmente ou não.

Cada uma delas possuem suas vantagens e desvantagens. Vamos analisar…

Tesouro IPCA com pagamento de juro Semestral

Principais Títulos e Características
Principais Títulos e Características

Ao optar por essa forma de investimento, é preciso estar ciente que todo semestre parte dos ganhos com o título será resgatado automáticamente.

Ou seja, o juro que o investidor auferiu durante o período, será creditado na conta da corretora onde a letra está custodiada.

A principio parece ser uma ótima opção, correto? Mas na realidade não é bem assim. Caso o investidor esteja mais interessado em potencializar os lucros, dentro do mesmo investimento os pagamentos semestrais podem acabar prejudicando essa estratégia.

Uma vez que o título estará sempre reduzindo parte dos lucros, realizando as distribuições. Fato que exigirá do investidor, ficar mais atento aos pagamentos para poder reinvestir esses ganhos em outros produtos.

Sem esquecer que o rendimento acordado no momento em que a letra foi comprada, pode não estar mais disponível no mercado.

Exemplo; Vamos dizer que nesse exato momento, o Tesouro IPCA está pagando juro de 7% ao ano.

Essa taxa é consideravelmente alta. Ou seja, uma ótima oportunidade. Comprando o Tesouro IPCA com pagamento de juro, o investidor estará abrindo mão de ganhar um rendimento mais concentrado acumulando dentro do próprio investimento.

Em outras palavras todo semestre terá uma espécie de sangria do titulo, fazendo com que o valor seja reduzindo e aquela quantia paga não estará mais rendendo o juro prefixado mais IPCA.

Quando investimos no Tesouro IPCA sem pagamento podemos concentrar todo o ganho, até o vencimento.

Característica que pode ser bem mais interessante, ou não… Vamos supor que o juro, nesse momento está a 7% ao ano, mas ao passar mais uns dois meses o rendimento está em 9% ao ano.

A letra provavelmente estaria sofrendo uma desvalorização, e consequentemente o saldo do investidor estaria se depreciando no curto prazo.

Caracterizando um prejuízo (somente se ele for vender a letra, liquidando a operação).

Quando existe uma situação como essa onde as perspectivas não estão claras é interessante comprar letras com pagamento de juro.

Assim, ao observar que existe a chance de haver perdas o investidor pode optar pelos títulos com pagamento semestral.

Tesouro Selic

A forma de aplicar no Tesouro Direto mais sossegada. O Tesouro Selic, só tem uma opção de investimento para um único vencimento.

Como qualquer outra letra do tesouro, o investidor não precisa esperar até o vencimento para liquidar o papel. Se existe a necessidade de contar com o dinheiro, é só realizar o resgate.

O rendimento é atrelado à taxa Selic, ou seja, quando a Selic desce ou sobe, a letras seguem as mesmas oscilações.

O valor da letra está sempre subindo, por se tratar de um rendimento pós-fixado, ao contraio das outras duas letras.

Tesouro Prefixado

De maneira bem similar ao Tesouro IPCA, o Tesouro Prefixado possui o seu rendimento atrelado a uma taxa acordada no momento da aplicação.

Essa taxa é prefixada, sendo assim, o rendimento será aquele até o vencimento do papel. Nos títulos prefixados também temos duas opção.

Podemos comprar papeis com pagamento de juro semestral, ou sem pagamento.

A estratégia é bem semelhante ao do Tesouro IPCA, porem nesse caso pode haver um fato que potencializara os ganhos, e as perdas.

Lembra-se do Tesouro IPCA ser um hibrido? Contendo a correção pela inflação, e o juro prefixado? No caso do Tesouro Prefixado, temos somente o juro.

Em outras palavras, o investidor pode acabar tendo um ganho interessante, ou amargar um prejuízo.

Em 2015 a inflação chegou aos 10,57% ao ano. Coisa de dois anos antes disso havia título prefixado pagando juro próximo dos 10% ao ano.

Descontando o IR sobre o ganho, o rendimento poderia ser inferior à inflação. Caracterizando uma perda no poder de compra…

E então? O que achou do artigo sobre os Principais Títulos e Características? Deixe suas duvidas e opiniões nos comentarios.

Precisando passar na CPA10 ou na CPA20?

Receba um e-book exclusivo com 7 passos para ser aprovado!

sem comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

Receba um e-book exclusivo com 7 passos    para passar na prova da ANBIMA!

x